Sábado, 4 de Julho de 2009

Na Vida há momentos para fazer o balanço do percurso seguido e avaliar as opções tomadas. Só com esse exercício podemos olhar para a frente e tomar as melhores opções para o futuro.

Olhando para a vida política portuguesa, este é o momento de avaliar o Governo. Um Governo que governa há mais de 4 anos, com maioria absoluta e onde o Primeiro-Ministro será recandidato, tornando a necessidade de avaliação ainda mais evidente.

Este é o momento em que os Portugueses devem perguntar-se: Que balanço faço do mandato deste Governo ?

Num segundo momento, já não muito longínquo, haverá que fazer o confronto das propostas e da credibilidade de quem as faz.

Fiquemos, por agora, no primeiro momento o do balanço da actuação do Governo. A ansiedade com que alguns têm vindo a exigir a apresentação de propostas por parte do PSD, leva-me a admitir que o Governo, e o Partido que o apoia, receiam este exercício.

Querem, portanto, desviar o debate para outros palcos. Mas tudo tem o seu tempo.

Em 1980, na campanha para a eleição do Presidente dos Estados Unidos da América, um candidato (que tinha como opositor um Presidente recandidato) desafiou o povo a esse exercício. "Are you better off than you were 4 years ago?" (Está melhor do que estava há 4 anos atrás ?). A esmagadora maioria dos eleitores respondeu que não, tendo o então candidato ganho as eleições (sendo o Presidente recandidato derrotado).

No Portugal de hoje, serão poucos - se alguém - que possa responder que sim à referida pergunta.

Talvez por isso, tantos pretendam, desde já e com muita ansiedade, desviar as atenções.

 

Gonçalo de Sampaio, no Novas Políticas.



publicado por Política de Verdade às 14:16
4 de Julho, 2009 | link do post | comentar

 
Donativos

Donativos

Redes Sociais