Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

A expectativa cresce de dia para dia. Sócrates anda ansioso e os socialistas não falam de outra coisa. Certos comentadores e jornalistas ficam mesmo excitados quando  falam do programa eleitoral do PSD.  Este fenómeno de ansiedade colectiva mostra duas coisas.

A primeira é a convicção generalizada da probabilidade do PSD vir a ganhar as eleições de Setembro. Ou seja, que o programa eleitoral se pode vir a transformar, versão revista e aumentada, em programa de governo. Se assim não fosse acham que alguém ligava alguma coisa a umas dezenas de folhas de impressas com letras e números?

A segunda é que falar verdade eleva as expectativas. A credibilidade de Manuela Ferreira Leite leva a que as pessoas queiram ouvir o que ela tem para dizer. Por contraste, depois de tantos anúncios e powerpoints socialistas, são poucos os que ainda ligam alguma coisa à propaganda de Sócrates e do seu governo. Faz lembrar aquela fábula The Boy Who Cried Wolf (desculpem a parolada do inglês, mas não sei o nome em português), depois de tantos falsos alarmes, quando veio o lobo já ninguém acreditou. Algo parecido ocorre quando Sócrates, ou o seu novo porta-voz sorridente, falam de uma nova medida para o futuro: poucos ouvem ou levam a sério.

Um último ponto. Não consigo perceber as críticas socialistas à pretensa falta de programa do PSD quando os socialistas ainda não apresentaram o seu documento. Eu pelo menos ainda não vi, onde está o programa camaradas?

 

Paulo Marcelo, no Jamais



publicado por Política de Verdade às 11:02
24 de Julho, 2009 | link do post | comentar

2 comentários:
De Francisco Castelo Branco a 24 de Julho de 2009 às 21:44
Em ano de crise, a ver se os programas eleitorais olham para essa situação e não se deixam empolgar pelos votos


De João Oliveira a 28 de Julho de 2009 às 02:37
Chama-se o Pedro e o Lobo.


Comentar post

 
Donativos

Donativos

Redes Sociais