Domingo, 9 de Agosto de 2009

Ontem escrevi um Post a propósito da divergência entre o Presidente da República e o Primeiro Ministro sobre a existência, ou inexistência, de um compromisso do segundo perante o primeiro quanto à recondução do Professor Lobo Antunes como membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida.

Fonte de Belém dizia que o Chefe do Estado “está estupefacto” com a violação desse compromisso, ao que o gabinete de Sócrates respondia que esse compromisso não passava de “uma intriga”, o mesmo é dizer, nunca existira.

Acontece que hoje os Portugueses vão conhecendo uns dados novos desta polémica.

Paulo Rangel veio dizer que está «totalmente surpreendido» com a não recondução de Lobo Antunes porque «O PS tinha dado indicações de que ele seria proposto pelo Governo. Não sei o que se passou entretanto». E o ex-líder parlamentar do PSD acrescenta: «O PSD não propôs Lobo Antunes [na quota da Assembleia da República] porque tinha a informação do PS de que ele seria proposto pelo Governo. Posso confirmar isso pessoalmente porque foi tratado por mim».

Por seu turno, Maria de Belém, presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, vem também dizer que «ficou surpreendida» com a não recondução de Lobo Antunes por considerar que este tem «todas as qualidades» para integrar o CNEVC. E a deputada do PS esclarece mesmo que «Eu própria falei na possibilidade de ele integrar a lista, mas como o Sr. professor era designado pelo Governo, essa hipótese nem se pôs».

Quer dizer: tanto Paulo Rangel como Maria de Belém dão conta de que o Governo se comprometera, também perante eles, a reconduzir Lobo Antunes no Conselho Nacional de Ética. Dito ainda de outro modo, ambos corroboram a versão da Presidência da República.

Ficamos agora à espera da reacção do Governo: ou este desmente formalmente Rangel e Maria de Belém ou ficamos definitivamente a saber que o executivo mentiu e mentiu sobre assuntos que envolvem a sua relação institucional com outros Órgãos de Soberania (PR e AR).

E, convenhamos, esta falta de confiança na palavra do Governo começa a tomar proporções muito, mas mesmo muito graves...

 

Rui Crull Tabosa, no "31 da Armada"



publicado por Política de Verdade às 16:34
9 de Agosto, 2009 | link do post | comentar

 
Donativos

Donativos

Redes Sociais