Domingo, 30 de Agosto de 2009

Durante meses a nomenclatura socialista tentou colar o PSD a um projecto neo-liberal ou ultra-liberal, seja lá o que isso for…
Acontece que na semana passada foi divulgado o Programa Eleitoral do PSD, e, azar dos azares, esse Programa do Partido Social Democrata é … social-democrata!
Agora o PS já não podia dizer que o PSD não tem propostas, tanto mais que estas têm sido muito mais discutidas no País do que as o próprio Partido Socialista.
Aliás, só por deliberada má-fé ou manifesta incompetência é que hoje alguém pode dizer que o PSD não tem um projecto para a recuperação económica do País, largas medidas de reforço da solidariedade com os mais desfavorecidos ou um ambicioso mas realista projecto de qualificação dos portugueses, seja na educação, na formação ou no trabalho. Como aqui um dia escrevi, pode-se discordar e criticar. O que se não pode é dizer que as propostas não existem.
Mas este fim-de-semana aconteceu ainda pior: Pina Moura, o antigo cardeal de António Guterres, veio afirmar que as propostas do PSD são mais realistas e mais correctas do que as do PS, as do seu próprio partido.
O desespero tomou então conta de José Sócrates, que começa a perceber que o cartão amarelo das europeias pode agora transformar-se numa verdadeira expulsão do Poder (que o PS ocupou em 11 dos últimos 14 anos).
Vai daí, Sócrates passou ao ataque pessoal e crispado: já não confronta as propostas do PS com as do PSD, seja no sistema político, na economia ou na solidariedade: tenta agora colar a líder do PSD a absurdas visões retrógradas ou conservadoras, por oposição às suas, supostamente luminosas e progressistas. Torce o que os outros dizem, reinventa as palavras alheias e, nessa arte da fabulação em que Sócrates se tornou mestre, refugia-se nas questões fracturantes (já não há pachorra!), foge dos verdadeiros problemas do País, que são a crise económica e social (especialmente o desemprego), a educação, a justiça e a segurança.
É pena que assim seja.
O debate podia dar-nos um PS que fosse um pouco mais do que um Bloco de Esquerda em ponto grande…

 

Rui Crull Tabosa, no "31 da Armada"



publicado por Política de Verdade às 13:17
30 de Agosto, 2009 | link do post | comentar

 
Donativos

Donativos

Redes Sociais